Realizar a gestão financeira da empresa é uma das principais atividades do gestor, afinal é por meio dessa atividade que será feito o acompanhamento, controle e planejamento de todos processos que envolvem a economia do negócio, como por exemplo investimentos, recebimentos e pagamentos.

Entretanto, muitos varejistas não sabem como tornar a gestão financeira um processo ativo e eficiente em suas empresas. Confira neste artigo, desenvolvido pela nossa parceira InfoVarejo, tudo sobre essa atividade, inclusive o jeito correto de fazer esse tipo de gestão.

 

Como fazer a gestão financeira?

Realizar a gestão das finanças da sua loja por meio de planilhas e tabelas pode parecer ser o jeito mais rápido, porém esse tipo de controle manual é lento, inseguro e tem baixa eficiência. Executar esse processo manualmente possibilita que erros aconteçam e se transformem em prejuízos ao faturamento da loja.

A solução para essa gestão é investir em soluções automatizadas e profissionais, otimizando a gestão financeira da empresa. Quando falamos em soluções automatizadas estamos falando sobre softwares de gestão, sistemas que contam com essa funcionalidade e proporcionam grandes vantagens ao varejista.

 

Veja os principais motivos de usar um software de gestão para a gestão financeira:

1. Entender melhor a realidade da sua loja

Uma gestão automatizada ajuda a centralizar as informações do negócio, esse conhecimento será necessário no momento de tomar decisões ou durante a definição de metas e no planejamento.

Outro ponto importante é a possibilidade de encontrar furos financeiros, que travam o crescimento da empresa. Identificando essas perdas será possível criar ações para evitar que aconteçam.

2. Fazer os departamentos da empresa caminharem juntos

A empresa precisa trabalhar em simetria, isso quer dizer que todos os setores e processos devem estar alinhados. O setor financeiro é parte central dessa simetria operacional, estabelecendo rotinas integradas você acabará com erros operacionais que acabam fazendo com que seu negócio não produza o tanto que pode, o que afeta diretamente a lucratividade do negócio.

Por meio de um software é possível integrar processos, permitindo o compartilhamento de dados e informações em tempo real, isso é essencial para aumentar a produtividade e reduzir custos da operação.

3. Acompanhar os resultados:

Acompanhar como anda o desempenho da sua empresa é uma funcionalidade que um sistema que realize a gestão financeira proporciona.

Saber os impactos dos investimentos, ações e das vendas é importante para administrar as ações gerenciais. Somente com uma gestão financeira é possível alinhar as metas em torno dos resultados conseguidos, criando ações com o objetivo de sempre manter a “saúde” financeira da sua empresa estável.

 

Gestão financeira: erros que devem ser evitados

Devido a complexidade que envolve toda a área financeira da empresa, pensar em um controle manual é flertar com todas as complicações que esse tipo de controle pode trazer.

Listamos os 4 erros que sua loja deve evitar no dia a dia:

1. Não registrar operações concretizadas:

Registrar as operações realizadas na loja é a base para uma manter uma gestão financeira correta e eficiente.

Por meio do registro é que o varejista consegue mensurar as vendas da empresa e conseguir análises corretas sobre o andamento da operação. O registro de saídas de produtos, vendas, deve seguir um processo automatizado que assegure que todos os produtos vendidos sejam registrados e computados, evitando vários problemas como furos no estoque e nas finanças.

A entrada dos produtos também é importante para analisar se a venda dos produtos está sendo lucrativa para a empresa. O recebimento de mercadorias deve trabalhar em sintonia com o financeiro, fornecendo informações sobre o pedido de compra e a entrada de produtos na loja.

Quer ver um exemplo simples? O relatório de fluxo de caixa é fundamental para saber com detalhes sobre as vendas e seus recebimentos. Um sistema de gestão consegue integrar vendas e financeiros fazendo com as operações sejam registradas e os dados transmitidos para os relatórios.

 

 

2. Não saber os custos dos produtos:

No varejo comprar bem é o primeiro passo para conseguir boas vendas, assim é fundamental saber quanto custa cada item do seu estoque.

Ter conhecimento sobre o preço real do produto é fundamental para calcular o valor de venda e a quantidade que deve ser comprada. Além disso saber o custo da mercadoria é importante no momento de repassar as informações fiscais deste item, a falta desse conhecimento pode acarretar multas fiscais e problemas para a loja.

Não saber quanto custa o produto que é comercializado pode fazer com que você perca vendas ou perca margem. Como no varejo qualquer decimal faz diferença no final do mês, como viver com esse risco?

A pesquisa de preço é uma atividade essencial para saber os preços do mercado. Saiba mais neste artigo. 

3. Não realizar o controle de estoque:

Uma gestão financeira eficiente está diretamente ligada ao controle de estoque.

O estoque é a base para a operação do varejista, e partindo desse ponto, controlar de maneira correta o estoque gera influência para que você tenha outras operações funcionando de forma correta também.

O controle financeiro faz parte dessa cadeia, informações sobre a movimentação do produto na loja, e dados sobre o giro de mercadorias, são fornecidas pelo controle de estoque e ajudam a manter uma gestão das finanças correta.

4. Não usar um software de gestão:

Como falamos no começo, realizar a gestão financeira por meio de tabelas e planilhas é um erro fatal do varejista.

Um sistema de gestão ajuda a entender e a controlar melhor as rotinas financeiras da empresa. Esse fato faz com que o varejista consiga um poder maior na hora de tomar decisões e na hora de definir metas e planejamento para as operações do varejo.

 

Conclusão

É importante que o varejista tenha o controle das finanças e fique atento aos processos que devem ser melhorados para aumentar a gestão. Por meio de uma gestão financeira eficiente é possível reduzir custos desnecessários e aumentar a lucratividade das vendas, melhorando os resultados da loja.

O cotidiano do varejista é corrido e cheio de desafios, a gestão financeira não precisa ser um complicador nesse processo. Com uma gestão financeira eficiente e automatizada você transforma seu negócio e faz com que ele seja mais competitivo e promissor.

 

Fonte: “Gestão Financeira no varejo: como tornar eficiente?”.

Escrito por:
Gabriel Junqueira

InfoVarejo

A InfoVarejo, é um portal de profissionais do ramo, desenvolvido para ajudar os varejistas do Brasil a superarem os desafios do dia a dia. Com muito conteúdo de qualidade, suas matérias são produzidas por colunistas especialistas no assunto.  Conheça mais sobre a InfoVarejo em: www.infovarejo.com.br

Sua empresa tem experiência em gestão financeira? Envie também seu artigo: redacao@capptai.com.br

Posts Relacionados

Comentários